A história de Roma

Partilha esse post

Roma ao atardecer
Roma (Itália, 2015)

Conhecer a história de Roma nos ajuda a conhecer mais sobre o lugar que vamos visitar e desfrutar melhor do passeio.

Coliseu
Coliseu (Roma, Itália, 2015)

Roma passou por diversos períodos e, sua influência em outras civilizações está presente até os dias atuais.

Primeiramente, como todas as civilizações conhecidas, foi uma comunidade primitiva, onde a terra era comum a todos: todos tinham direitos iguais e eram homens livres.

Houve um momento em que o comércio começou a crescer e Roma se transformou em cidade. Sua fundação data 753 a.C. (provavelmente) e diversas lendas versam esse acontecimento.

A mais famosa é, com certeza, a de Rômulo e Remo, que eram irmãos gêmeos, filhos do deus Marte (Ares, para os gregos) com uma mortal. No seu nascimento, foram jogados no rio Tibre, encontrados e cuidados por uma loba. Rômulo, mais tarde, fundou Roma.

Rômulo e Remo
Estátua de Rômulo e Remo no Musei Capitolini (Roma, 2015)

A terra comum a todos foi substituída em propriedade privada, ocasionando em uma divisão de classes: patrícios (aristocracia) e plebeus (homens livres sem direito político).

Graças aos interesses dos patrícios, a República foi iniciada com a queda do último rei etrusco. Nesse período, os plebeus não tinham direitos políticos e civis, mas foram conquistando-os  pouco a pouco com reivindicações, surgindo então uma nova aristocracia proveniente do enriquecimento de alguns deles.

Roma continuava se expandindo devido às conquistas de terras em guerras e o número de escravos (prisioneiros de guerra ou plebeus que perdiam a liberdade por dívidas) também aumentou muito, fazendo com que a economia progredisse – o escravismo passou a ser a base do processo econômico.

Sua extensão máxima ocorreu no século II d.C., na fase do Império Romano. Desta forma, houve a necessidade de um maior número de funcionários trabalhando para o Estado (principalmente para a arrecadação de impostos das províncias).

Roma ao atardecer
Roma (Itália, 2015)

Neste mesmo século, o Império começa a decair por diversas razões, dentre elas: desmantelamento da máquina burocrática, lutas pelo poder, altos impostos, corrupção e esvaziamento de cofres públicos.

Então, as guerras de expansão cessam, o escravismo entra em crise, os agricultores ficam “presos” às terras que trabalham devendo pagar parte da produção aos proprietários delas, o artesanato e o comércio decaem e os bárbaros se infiltram. Esses fatores fazem com que, no século V, o Império se fragmente.

Visite Roma

Roma é uma das cidades mais visitadas por turistas de todo o mundo. E isso é bastante compreensível, pois é realmente uma cidade muito rica, seja por sua história, seja por sua paisagem, seja pela culinária. Seguramente, uma viagem dos sonhos que vale a pena ser feita.

Piazza del Popolo
Piazza del Popolo (Roma, Itália, 2015)

Andar pelas ruas de Roma já nos remete ao passado, além de ser belo para os olhos. A bela arquitetura, as lindas esculturas, o charme das ruas estreitas, tudo nos faz entrar num ambiente majestoso e refletir sobre como deveria ter sido a cidade na época do auge do Império Romano.

SE VOCÊ FOR VISITAR A CIDADE, NÃO SE ESQUEÇA DE CONHECER OS MONUMENTOS E LUGARES QUE CONTAM A HISTÓRIA DE ROMA:

Ruas de Roma, com destaque ao Coliseu, Fórum Romano e Museu Capitolini. Fonte: Google Mapas.
Ruas de Roma, com destaque ao Coliseu, Fórum Romano e Museu Capitolini. Fonte: Google Mapas.

MUSEI CAPITOLINI

Com quadros e esculturas que recordam a história de Roma e de toda a Itália desde a sua fundação. Nesse museu podemos ver a famosa escultura de Rômulo e Remo com a loba (representando o mito da fundação da cidade romana).

Endereço: Piazza del Campidoglio

COLOSSEO

Área reservada para espetáculos durante o Império Romano (e até mesmo depois de sua queda). Foi construído no primeiro século de nossa era e usado por, mais ou menos, 400 anos. Atualmente, é um dos pontos turísticos mais conhecidos do mundo – e, desde 2007, é conhecido como uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno.

Endereço: Piazza del Colosseo (próximo à estação Colosseo do metrô)

FORO ROMANO

O Fórum Romano revela ao turista as ruínas de uma época grandiosa da Antiguidade romana. Pórticos e colunas mostram o esplendor da arquitetura dessa época. As esculturas dos imperadores colocadas ao longo da rua também nos ensinam sobre o importante momento histórico ali retratado.

Endereço: Via della Salara Vecchia (próximo ao Coliseu)

Foro Romano
Foro Romano (Roma, 2015)

Fonte consultada para escrever sobre a história de Roma:

ARANHA, Maria Lúcia de Arruda. História da educação e da pedagogia. 3ª ed., São Paulo: Moderna, 2006.

Para saber mais sobre a Educação na Roma Antiga:

 

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*