A Grécia além das ilhas

Partilha esse post

Templo de Apolo, em Delfos (Grécia, 2015).
Aeroporto de Atenas, Grécia (2015)
Aeroporto de Atenas, Grécia (2015)

Chegar à Grécia pelo aeroporto de Atenas já é uma grande surpresa para o turista, pois ele é muito bem estruturado: tem internet gratuita de boa qualidade – tanto WiFi quanto em computadores disponíveis para uso do público em geral -, balcões de informação turística, mapas gratuitos e informações sobre o app ATHENS GREEKGUIDE.COM sobre o turismo em Atenas.

Ali também tem uma estação de metrô que pode levar o recém chegado a qualquer parte da capital grega. Sobre o bilhete do metrô desde  ou para o aeroporto é bom saber que ele tem preço diferenciado com relação aos demais (de e para outras estações): enquanto o primeiro é 8 euros, os demais custam apenas € 1,20; além disso, a passagem do aeroporto muda de valor se comprado para mais de uma pessoa – o valor para duas pessoas, por exemplo, é € 14).

Geralmente, a primeira parada de um turista na Grécia é Atenas: segundo os dados da Revista Greece is: Athens, verão de 2015, os turistas passaram uma média de 2,13 dias na cidade em 2011.

Parthenon, na Acrópolis (Atenas, 2015).
Parthenon, na Acrópolis (Atenas, 2015).

Ali, há muito o que conhecer sobre a história da Grécia Antiga: as ruínas da Acropóles, da Ágora ou do Teatro de Dionísio mostram a imponência de tempos remotos. Percebemos, então, a influência dessa história na história atual.

Theatro Irodou Attikou (Atenas, 2015)
Theatro Irodou Attikou (Atenas, 2015)

Depois de Atenas, normalmente, o turista segue às maravilhosas ilhas. As mais famosas são Santorini, Miconos, Rode, entre outras. Usando as estatísticas da Revista Greece is: Athens, na edição verão de 2015, mais uma vez, a expectativa é passarem 394 cruzeiros pelo Porto de Piraeus (em Atenas) ao longo do ano de 2015.

Mas, há outras maravilhas escondidas ainda no continente, próximo a Atenas, e que são opções interessantes e também bem bonitas. Um exemplo é o Templo de Poseidon, que fica no Cabo Sounion (é possível ir até lá desde Atenas pegando um ônibus que fica em um terminal entre a estação Viktoria do metrô e o Parque Areos).

Templo de Poseidon, no Cabo de Sounion (Grécia, 2015).
Templo de Poseidon, no Cabo de Sounion (Grécia, 2015).

A viagem de ônibus dura pouco menos de duas horas e passa por praias lindas, de águas cristalinas.

O ingresso para o Templo de Poseidon custa € 4. E o trecho de ônibus custa € 6,90.

Outra cidade que oferece uma bela vista, além de ruínas interessantes, é Delfos (Delphi, em inglês). Ali, a área verde traz uma tranquilidade bem gostosa e o Templo de Apolo complementa o passeio de maneira inigualável.

Sítio arqueológico em Delfos (Grécia, 2015).
Sítio arqueológico em Delfos (Grécia, 2015).

A entrada nos sítios arqueológicos e museu custa € 9 (valor de setembro de 2015).

Delfos está a mais ou menos 3 horas de viagem desde Atenas. O ônibus sai da Ktel Liosion (que fica na rua Liosion 260, entre as estações Kato Patisia e Agios Nikolaos do metrô) e custa € 32,80 ida e volta.

Um pouco mais distante, mas bem agradável, principalmente para os que gostam de caminhadas  é ir a Litochoro e percorrer o Monte Olimpo (o ponto mais alto da Grécia, com pouco mais de 2900 metros de altitude).

Vista do mar desde o Monte Olimpo (Grécia, 2015).
Monte Olimpo e mar ao fundo (Grécia, 2015).

Se optar por subir todo o Monte Olimpo – atualmente encontra-se no Parque Nacional e Reserva de Biofesra da UNESCO, mas também conhecido como a Casa dos 12 deuses da Grécia Antiga -, o turista deve se planejar para dormir ali, uma vez que o percurso leva mais ou menos 5 horas (podendo variar de acordo com o trajeto). Ali, ele seguirá a natureza e passará por rios e cataratas e terá uma vista privilegiada do mar. Na base da montanha, em Litochoro, há opções de restaurantes para almoçar, fazer um lanche ou tomar algo enquanto contempla a beleza e a tranquilidade a sua volta.

Desde Atenas até Litochoro a maneira mais tranquila de viajar é de trem: da estação Larissa do trem de Atenas, deve-se ir até a cidade Larissa e, de lá, pegar outro trem para a estação Litochoro (a estação fica a uns 20 minutos de ônibus do centro da cidade, mas o inconveniente é que o ônibus não sai da estação: é necessário andar por volta de 15 minutos até o ponto mais próximo). A viagem de trem dura mais ou menos 6 horas e custa em torno de 25 euros.

Be the first to comment

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*