Museu do Apartheid em Johannesburgo (África do Sul)

Partilha esse post

Apartheid Museum (2015)

Apartheid é o termo que surgiu na África do Sul, usado para designar a separação das raças brancas e não brancas (ou seja, negros, mestiços, indianos, asiáticos). Teve início em 1948 e durou até 1994. Nesse período os negros não podiam frequentar o mesmo lugar que os brancos e isso era designado com placas.

Placas identificando quem poderia entrar no estabelecimento. Museu do Apartheid
Placas identificando quem poderia entrar no estabelecimento. Museu do Apartheid (2015)

O Apartheid Museum impressiona logo na primeira sala, quando seu bilhete determina se você deve entrar pelo corredor “white”ou “non-white”, reproduzindo o que acontecia cotidianamente na África do Sul quando essa lei era vigente. Isso causa certo incômodo, uma vez que, muito provavelmente, você e seu companheiro de viagem serão separados nessa sala e, num primeiro momento, não verão as mesmas informações.
A seção seguinte traz indícios dos primeiros homens que habitaram a Terra e nos lembra que a raça humana surgiu na África, ou seja, todos temos a mesma origem e muito mais semelhanças do que diferenças.
A história do povo sul-africano é contada nas diversas salas do museu. E um espaço grande é reservado à vida e às conquistas de Nelson Mandela, que depois de ficar preso por 27 anos, foi o primeiro presidente negro do país elegido por todos os cidadãos (negros, brancos, mestiços).

Museu Apartheid
Museu Apartheid (2015)

Informações importantes:
Endereço: Northern Park Way and Gold Reef Rd, Johannesburg (ao lado do complexo Gold Reef City)
Preço: R 75 (aproximadamente R$ 20 ou US$ 7, na cotação de julho de 2015)

Como chegar:
Há excursões que fazem o transporte do turista até o museu.
Outra opção é pegar o CitySightseeing, ônibus turístico que passa por diferentes lugares, inclusive o Apartheid Museum.
Mas, sem dúvida, a opção mais barata é ir de ônibus. Se por exemplo, o turista estiver em Soweto, poderá pegar duas vans (conhecidas como “taxi rank”): uma para Bara (R 8) e a seguinte a Gold Reef City (R 9).

Exterior do Museu Apartheid
Exterior do Museu Apartheid (2015).

Dicas:
* O filme Mandela retrata bem a história de Nelson Mandela e é possível visualizar como foi o período em que a África do Sul sofreu com o apartheid.

* Outros lugares bacanas para conhecer e que complementarão as informações do Apartheid Museum são:
– Mandela House Museum (localizado em Soweto)
– Freedom Park (em Pretoria)
– Mandela Capture Site Sculpture (Howick)

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*